Camilo Santana prorroga até 10 de janeiro decreto que proíbe confraternização com mais de 15 pessoas

Foto Reprodução 
O governador do estado, Camilo Santana, decidiu prorrogar por mais dez dias, as recomendações e especificações do último decreto que tinha lançado antes do révéllion. Todas elas ficam mantidas, a partir de agora, até o próximo dia 10 de janeiro.

A principal das medidas que permanecem em vigor, e que mais chamou a atenção dos cearenses, foi a proibição de festas que reúnam mais de 15 pessoas. Por tanto, até o próximo dia 10 de janeiro, ainda que sejam realizadas em residência particular, confraternizações só poderão reunir até, no máximo, 15 pessoas.

Camilo Santana comentou sobre a prorrogação do decreto e as causas que levaram à sua prorrogação nas redes sociais. 

“Em virtude da permanência do cenário delicado da pandemia, o Comitê que delibera sobre os decretos estaduais relativos à Covid definiu que o decreto específico de fim de ano, que proíbe festas, shows, eventos sociais e corporativos, modifica o horário do comércio e restaurantes, dentre outras medidas, e que venceria na próxima segunda-feira (4), também será prorrogado até o próximo domingo (10), juntamente com o outro decreto em vigor, até que analisemos os indicadores ao longo da semana para novas definições”.

Os hotéis deverão ter funcionamento reduzido, indo até às 22h e deve haver limitação de seis pessoas por mesa nos restaurantes e afins, com limite de 50% da capacidade máxima. Nestes locais, e também em restaurantes e barracas de praia, não será permitida a realização de festas.

Fica também proibida a realização de festas em áreas comuns de quaisquer condomínios, residenciais, de lazer e mistos. O decreto também orienta que sejam suspensos quaisquer eventos sociais e corporativos, privados ou públicos, em ambientes abertos ou fechados no Estado.

Compilado da página Revista Central

Comentários

To be published, comments must be reviewed by the administrator *

Postagem Anterior Próxima Postagem