Justiça também determinou quebra do sigilo bancário e fiscal de Cid Gomes

Advogados pediram cópia de busca e apreensão realizada pela PF em FortalezaCid Gomes, durante sabatina no Senado FederalPor : Redação CN7 21/10/20 16:12

A Justiça Eleitoral determinou a quebra do sigilo bancário e fiscal do senador Cid Gomes (PDT). A decisão atende solicitação da Polícia Federal (PF) e integra o processo 06600107-14.2020.6.06.0003, por meio da 3ª Zona Eleitoral de Fortaleza.

O vazamento do pedido de quebra dos dados foi revelado através de uma solicitação encaminhada pelo escritório do reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Cândido Albuquerque, que defende Cid.

No documento, os advogados pedem a cópia das buscas e apreensão da Operação Marquetagem, deflagrada na última sexta-feira (16) pela Polícia Federal em Fortaleza

A PF investiga crimes como corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica eleitoral. O inquérito foi aberto com base em depoimentos dos irmãos Batista sobre doações ilegais feitas ao grupo político de Cid Gomes quando este era governador do Ceará.

Em tempo:

Abaixo o documento do escritório Cândido Albuquerque comprovando que no inquérito policial já constava o pedido da quebra de sigilo bancário e fiscal do senador Cid Gomes.

Abaixo o documento comprovando o pedido dos advogados de Cid Gomes para ter acesso aos dados da operação Marquetagem.


Por CN7

Comentários

To be published, comments must be reviewed by the administrator *

Postagem Anterior Próxima Postagem