Eleição em Aracati: Caetano Neto abre sua campanha defendendo o diálogo e priorizando a geração de emprego e renda

Ao lado de sua candidata a vice-prefeita, Luísa Feitosa, o vereador oposicionista e candidato a prefeito de Aracati, Caetano Neto, iniciou sua trajetória nesta eleição de 2020. Assim como seu opositor, o candidato também abriu a campanha através de uma live no Facebook.

Antes de ser ouvido pelos internautas, o candidato do PSB ouviu depoimentos de seus familiares, entre os quais seu pai, o ex-prefeito do Fortim, Júnior Guedes, sua mãe Lili, e seu avô e ex-prefeito de Aracati, Expedito Ferreira, que falou sobre sua vontade de servir aos menos favorecidos através da política.

Caetano lembrou que conhece a realidade do povo do município. “Conheço as deficiências do nosso Aracati e, por isso, sinto-me preparado. Ao lado de dona Luísa, juntos, governaremos Aracati e vamos colocar o Aracati no rumo certo, com mais qualidade de vida e cuidando do maior patrimônio do município que são as pessoas”, disse.

Caetano disse que está preparado não só para a disputar, mas também para governar e fazer uma gestão com muito trabalho, humildade e sobretudo com diálogo. “Eu acredito que possamos fazer muito pelo nosso Aracati. Eu quero fazer com que o Aracati realmente volte a ser o Aracati que as pessoas fiquem tranquila e sinta-se à vontade de estar no Aracati. E isso só vai acontecer com Caetano na prefeitura”, disse.

Caetano Neto lembrou ainda que sua experiência na Câmara Municipal de Aracati o leva a entender as pessoas e suas reais necessidades.

Empresário e Engenheiro Civil, Caetano disse que conhece todas as regiões do Aracati e a sede do município e que, mais importante era conhecer as pessoas e os problemas e ter solução para enfrentá-los.

Questionado pelos internautas sobre alguns temas, o candidato a prefeito não se esquivou em responder. Sobre a falta de emprego, sobretudo para os jovens, disse que será um grande desafio, mas que tem a solução para o problema. “Primeiro, para atrair e gerar emprego para o município, temos que deixar a cidade atrativa para o empresário, seja em benefícios fiscais, na concessão de terrenos, em capacitação da mão-de-obra. Eu digo isso porque não adianta Caetano Neto vir trabalhar e trazer uma indústria para gerar mil empregos e trazer mil pessoas de fora do Aracati para vir trabalhar na cidade. O real sentido de gerar emprego e que ele seja para as pessoas da cidade”, disse.

Caetano enfatizou que é preciso que o gestor público estabeleça prioridades dentro do orçamento do município para fazer coisas exequíveis e que estejam dentro da realidade do orçamento e possam ser feitas respeitando a lei de responsabilidade fiscal e todas as leis, dentro da integridade da moral e da ética e da boa conduta da administração pública.

por Folha de Aracati

Comentários

To be published, comments must be reviewed by the administrator *

Postagem Anterior Próxima Postagem