Post Top Ad

Covid-19 News

Post Top Ad

Não é de hoje que a prefeitura do Aracati no estado do Ceará tem praticado contratações no mínimo suspeitas quando o assunto é valores, ou até mesmo boa parte das vezes pelos materiais aplicados em estradas, praças, areninhas, parquinhos infantis, equipamentos para academias ao ar livre etc.

A exemplo de 2018, quando o senhor prefeito anunciou que; "Aracati tinha adquirido sua própria usina de asfalto e assim não teria que pagar caro pelo material", muitos acreditaram que o município em breve estaria todo asfaltado. Acontece que era ano de eleição e em tempo recorde a cidade mostrava uma outra "cara". Acabou as eleições, o prefeito conseguiu seu intuito dando ao filho Eduardo Bismarck uma cadeira na câmara federal onde, somente no Aracati foram pouco mais de 20 mil votos, o que dá uma média de um para cada dois votos válidos.

A estratégia foi excelente, tanto que a "dose" está se repetindo com promessas de que, desta vez, "nossa usina de asfalto" irá pavimentar dezenas de ruas inclusive locais esquecidos pela administração municipal ao longo do atual mandato. Porém, o detalhe é que a "nossa usina" ao que parece está custando os "olhos da cara". Pelo menos é o que mostra Bruno Feitosa no exemplo com pesquisa realizada entre os valores praticados pelo município de Sobral e no Aracati conforme mostra abaixo:


ASFALTO DE OURO, SERÁ?

O aracatiense gostaria de saber se o asfalto que o prefeito e os babões tanto falam, tem algum componente químico mais especial que o da cidade de Sobral. 

Enquanto Sobral asfaltou 4 ruas referente à 7.941m2 por R$ 441.216,36 reais, custando o m2 R$ 58,90 reais.

Já a Prefeitura de Aracati asfalta, também, 4 ruas em Majorlândia referente à 2.239m2 por R$ 764.349,68 reais, com o m2 no valor de R$ 341,38, ocasionando assim, uma diferença de R$ 282,48.

480% de SUPERFATURAMENTO.

O que justifica essa diferença?
Por que tudo sai mais caro em Aracati?

Vai, Alice!






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad