Post Top Ad

Covid-19 News

Post Top Ad

EQUIPES DE FISCAIS DA PREFEITURA DE ARACATI PARA TIRAR PEQUENOS COMERCIANTES DE CIRCULAÇÃO, ENQUANTO ISSO, O PREFEITO DESCUMPRE PRÓPRIOS DECRETOS NAS OBRAS DE INFRAESTRUTURA DURANTE PANDEMIA
No município de Aracati, situado no litoral leste do Ceará, muitos comerciantes estão passando por uma experiência inusitada e porque não dizer constrangedora. Os clientes também não estão livres do constrangimento, pois comerciantes e clientes realizam suas transações comerciais às escondidas. 

"Absurdo isso, nós comerciantes legalizados com alvarás e CNPJ estamos parecendo traficantes e nossos clientes, os usuários. E o pior, de mercadorias legalizadas", relatou um dos empreendedores da área central de Aracati que pede para não ser identificado temendo represálias por parte das equipes de fiscalização ou da Guarda Municipal.


"Muitas vezes o cliente vem do interior para fazer suas compras em supermercados ou farmácias mas também precisa do nosso produto, e assim comparecem à nossa lojinha mas não temos autorização para vender mesmo que seja ele fora e a gente vá buscar o que lhe interessa, pois os fiscais vão em cima, ameaçam e até já multaram colegas meus. Todos sabemos do risco do coronavírus, mas porque a prefeitura não autoriza trabalharmos nos mesmos moldes dos grandes comerciantes que recebem grande fluxo de pessoas? Muitos de nós já entramos no desespero devendo três meses de aluguel, devendo a funcionários sem contar àqueles que já foram demitidos, e o prefeito nos trata como bandidos inclusive faz uma gestão de hipocrisia quando não aceita lutarmos pelo sustento da família mas ele nunca parou de fazer obras de infraestrutura, cheios de trabalhadores expostos ao vírus sem a menor necessidade até porque não estamos precisando agora de mais pracinhas, areninhas e até começou a passar asfalto em todas as ruas da cidade. Parece que ele tem prazer de falir o comércio local", desabafou outro comerciante da cidade que também prefere manter sua identidade preservada sob medo de mais perseguições.


A maioria dos comerciantes no centro do Aracati já foram notificados, alguns até multados entre R$ 1.000,00 a R$ 10.000,00 reais além de estabelecimentos fechados. 



"Lamentavelmente é a situação de 80% dos comerciantes do Aracati , Eu até já fiz um outro comentário um pouco semelhante a esse que estou fazendo, reconheço que a doença CORONAVÍRUS COVID-19 existe sim! Que infelizmente mata, os números revelam que a cada 1000 (MIL) pessoas que contrair o vírus aproximadamente entre 3,5% irão a óbito, isso é fato, mais não podemos esquecer em hipótese alguma que o ciclo da vida segue e a morte é o natural, é um princípio da vida, mas é necessário dar continuidade a vida quer se segue e o trabalho é indispensável para seguirmos em frente , O isolamento deve sim existir mais de forma vertical com pessoas da terceira idade, pessoas com doenças coronárias , diabéticos , hipertensão , pulmonares , respiratória , câncer e outras mais, Infelizmente a IMPRENSA NACIONAL só fala em CORONAVÍRUS mas o comércio não pode parar, a economia é indispensável para o equilíbrio e estabilidade de toda uma cadeia de empregos. Se parar essas atividades vai chegar uma hora que será inevitável um caos incontrolável. Algumas pessoas dizem; "é melhor deixar o comércio fechado para evitar que as pessoas morram" , então porque só os menores?

Quero aqui ressaltar que estou comentando o que na atual situação estou vivendo, sou um comerciante que pago aluguel do imóvel comercial (3 meses atrasados valor mensal R$ 2,000.00 ou seja, estou devendo R$ 6.000,00 de aluguel), tem energia, imposto, funcionário, e acredito que muitos comerciantes estão vivendo algo semelhante ao que EU estou passando". Relatou outro empreendedor quase em desespero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad