Post Top Ad

Covid-19 News

Post Top Ad

Quem não cumprir as medidas de restrição de fluxo de veículos terá que pagar multa e poderá ser conduzido à delegacia, diz prefeitura
     
A Prefeitura do Aracati decidiu aplicar medidas mais rígidas no controle de fluxo de veículos e pessoas à orla marítima – Canoa Quebrada, Majorlândia e Quixaba. A novidade é a aplicação de multa para quem circular sem autorização nas praias e em caso de insistência poderá ocorrer a condução à delegacia de Polícia Civil, por desobediência.

A medida está relacionada com o esforço local no combate e prevenção ao novo coronavírus. “Não tivemos aumento de casos importantes, a situação está controlada, mas com a perspectiva de ingresso na fase um de abertura de negócios, queremos apresentar segurança”, explicou o secretário de Segurança de Aracati, coronel Werisleik Matias.

A secretária da Casa Civil de Aracati, Fátima do Carmo, explicou que a decisão de fechamento de barracas, pousadas e de acesso às praias ocorre desde o início do decreto do governo do Estado, em 19 de março passado. “A novidade agora é que quem desobedecer vai ser multado e pronto, não tem segunda chance”, pontuou.

O acesso principal à Canoa Quebrada e a Majorlândia é feito no entroncamento na CE 171. “Só moradores e proprietários de imóveis e pessoas autorizadas – prestadores de serviços essenciais estão autorizados a passar na barreira”, reforçou o coronel Werisleik Matias.

No fim de semana passado, oito veículos foram flagrados com banhistas em uma das lagoas do município com pessoas em momento de lazer. “A equipe foi ao local e retirou os banhistas, mas infelizmente algumas pessoas teimam e, por isso, estamos reforçando as medidas de segurança e bloqueio até porque estamos próximos da divisa com o Rio Grande do Norte, onde há casos elevados da Covid-19”.

Nos acessos às praias por estradas internas nas margens do litoral foram colocados bloqueios fixos – de estrutura de concreto (new jersey). “Tem o objetivo de impedir o acesso de veículos não autorizados e quem desobedecer vamos aplicar multa, notificação”, reforçou o secretário de Segurança.

Decreto

Por meio de decreto municipal, assinado pelo prefeito, Bismarck Maia, houve a suspensão da entrada de turistas e visitantes desde o último dia 20 de março. Para quem estava no município foi dado o prazo de saída até o dia 22, dos pontos turísticos de Canoa Quebrada, Majorlândia, Quixaba, Cumbe, Lagoa do Mato, Fontainha e Retirinho.

A determinação incluiu também a suspensão da circulação de veículos de transporte turístico de passageiros e de licenças de funcionamento de bares, restaurantes, barracas de praias e empreendimentos similares. O serviço de delivery ficou mantido.

De acordo com o boletim epidemiológico da secretaria de Saúde de Aracati até o último dia 24 foram confirmados 1441 casos de Covid-19 e 33 óbitos pela doença. Um total de 1013 pessoas foram curadas. A taxa de letalidade é de 2,29%.

Escrito por Honório Barbosa, regiao@svm.com.br

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad