Post Top Ad

Covid-19 News

Post Top Ad

Por Marcelino Júnior
Senador Cid Gomes deu voz de prisão ao vereador Sargento Ailton (Foto: Wellington Macedo)

O Conflito em Sobral, que teve como resultado, o ferimento à bala do senador licenciado Cid Gomes (PDT), ocorreu no final da tarde dessa quarta-feira (19), quando Cid, manobrando uma retroescavadeira, tentou invadir o quartel do Batalhão da Polícia Militar do município, que está em greve, assim como praticamente toda a corporação no Estado do Ceará, em busca de melhorias salariais. Em dado momento, após a negativa dos policiais em deixar o senador entrar no prédio, seguido de bate boca mútuo, ele avança contra o portão, tentando furar o bloqueio dos grevistas.

Ameaça
Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o senador ameaça os grevistas. “Vocês têm cinco minutos para pegarem os seus parentes, as suas esposas, os seus filhos e saírem daqui em paz, em cinco minutos. Nem um minuto a mais”, diz o senador. Cid teve como resposta do vereador, por Sobral, sargento Aílton (SD), que apoia o movimento grevista, que, “você não tem autoridade pra fazer esse tipo de coisa”. Exaltado, o senador segura o braço do vereador e lhe dá voz de prisão, então, os ânimos se acirram, e a confusão se instala.

Policial ferido na perna socorrido por colegas (Wellington Macedo)

Durante a briga, também houve ataques de pedras entre as pessoas, que seguiam o senador, contra os policiais. A retroescavadeira manobrada por Cid foi atingida por tiros, que quebraram parte do vidro da frente do veículo, em vários estilhaços. Segundo boletim médico do Hospital do Coração, para onde ele foi socorrido, “o paciente Cid Gomes deu entrada nesta unidade hospitalar, vítima de ferimento por arma de fogo em região torácica. Após atendimento, segue apresentando boa evolução clínica. Seu quadro cardíaco e neurológico não apresenta alteração. Neste momento, o paciente encontra-se lúcido e respirando sem auxílio de aparelhos”, assina Joaquim David Carneiro Neto, diretor técnico do hospital

Cid Gomes tenta derrubar o portal do quartel da PM com uma retroescavadeira (Foto: redes sociais).

Palanque

Antes de chegar a Sobral, Cid convocou a população, por meio de vídeo divulgado em suas redes sociais, à recebê-lo no aeroporto. Por volta das 16h30, o senador desembarcou na cidade, recebido por funcionários da Prefeitura, ainda portando crachás, além de guardas municipais fardados. Cid subiu em um caminhão, claramente utilizando o veículo como palanque, incitou as pessoas a enfrentarem, com ele, os grevistas, e saiu em carreata, já dentro de uma retroescavadeira, pelas ruas do Centro da Cidade, convocando as pessoas com o uso de um megafone, para irem com ele à frente do Comando da PM.

De acordo com o vereador sargento Aílton, “estamos nesse movimento da polícia de forma pacífica, quando o senador da república, Cid Gomes, estimula a população para vir pra cá, contra a gente. Muitos me ameaçaram de morte. Ele me pegou pela blusa; eu só fiz com que ele me soltasse: quando ele pegou a retroescavadeira e atentou contra a vida de vários profissionais”, revelou sargento Aílton. “Se não houvesse o revide, ele teria matado pessoas. Foi uma situação triste. Exigimos providências. Isso é para vocês verem como um senador da república age, aqui na cidade de Sobral”, desabafou o vereador.

Crimes

Segundo advogado ouvido pelos Sobral Post, o senador Cid Gomes pode ter cometido vários crimes: tentativa de homicídio, agressão física, invasão de propriedade, dano ao patrimônio púbico, perturbação da ordem pública, além de dirigir sem habilitação  adequada ao veículo. Já o autor do disparo que atingiu o senador pode alegar legítima defesa.

Fonte: Sobral Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad