Resumindo a administração de Aracati com o prefeito Bismarck Maia.



Publicidade
Foto Reprodução

Em três anos de governo, após o primeiro ano fazendo raiva a população quando, cortou inúmeros gastos, tirou comissões de servidores, fechou a banda municipal, acabou com o projeto Zumbi etc. No segundo ano, para eleger o filho a deputado federal, destampou as torneiras dos cofres públicos quando utilizou muitos milhões de reais dos royalties do petróleo e os precatórios da educação que estavam há anos retidos judicialmente, então a prefeitura criou um verdadeiro canteiro de obras na infraestrutura priorizando asfalto, calçamento e construção de areninhas e praças. 

Agora de 2019 no terceiro ano foram muitos decretos arbitrários sendo barrados pela justiça, postos de saúde sem operacionalizar devido problemas de pagamento de aluguel de imóveis, transportes para os profissionais, falta de medicamentos, equipamentos como tomógrafo e ultrassom do Hospital Municipal no ‘prego’, gente morrendo, paralisação de obras do hospital municipal e colégios sob alegação de “falta de dinheiro”, mais de 160 processos por improbidade administrativa, compras superfaturadas e com dispensa de licitações, compra de apoio de vereadores... Mas, quando o assunto é festa, então “Viva!!!!”. Réveillon em Canoa Quebrada com Banda Olodum com valores maiores do que eventos carnavalescos em Fortaleza e Sobral, pré-carnaval com Bell Marques em janeiro e por último, foram anunciadas o carnaval 2020; Wesley Safadão, MC Kevinho, Parangolé, Solange Almeida, Aldair Playboy, Wallas Arrais, Zé Cantor, Felipão, Luis Marcelo & Gabriel, Eric Land, Aviny Vinny, Patrulha, Pegue Axé, The Clapton, uma dezena de bandas locais e mais uma grande atração surpresa ainda a ser anunciada. E como não fosse mais possível piorar, o prefeito ainda vendeu o comando do carnaval na sede e Majorlândia para uma empresa de eventos de Russas/CE, onde a mesma fora denunciada na TV e FM do grupo do mesmo quando era oposição à administração passada. 

E para o ano de 2020? Aguardemos novo canteiro de obras face as eleições vindouras, pois o prefeito conseguiu aprovação junto aos seus vereadores que autorizaram realizar um empréstimo de R$ 9 milhões de reais a serem pagos com dois anos de carência. Ou seja; para a próxima administração tentar pagar. 

Mas Sandro! Você está insinuando que o atual prefeito fez menos que seus antecessores? 

Resposta: NÃO! O que estou dizendo é que, muitas foram as contradições de uma equipe "altamente profissional naquilo que faz". Os prefeitos anteriores foram diuturnamente criticados em todos os pontos aqui citados, inclusive pelo próprio grupo de comunicação que durante 12 anos falou em nome de Bismarck Maia, então secretário de turismo do Ceará, e após sua eleição para prefeito,o mesmo tem praticado tudo o que condenava. E sobre as obras? Muito fácil de entender. "Entregue os mesmos milhões de reais em caixa do acumulado (precatórios e royalties) em conta nas mãos de qualquer prefeito do interior do estado e você verá, em muitos casos, uma verdadeira transformação e alguns desses, bem intencionados, fariam até mais sem gastos com o supérfluo, melhor investindo na infraestrutura e principalmente no setor "SAÚDE" em Aracati , sempre de mau a pior.
Publicidade