Crise na Saúde de Juazeiro do Norte resulta em 31 postos e hospital fechados e médicos da UPA pedem demissão

Os pedidos de demissão aconteceu na última quarta feira dia 04/12. Novos pedidos de demissões seguem a todo instante. Com salários atrasados e sem aumento há sete anos, os profissionais da saúde desistiram de aguardar a prefeitura e solicitaram o desligamento da unidade. 

A cidade já sofre com o fechamento de 31 postos de saúde e do hospital público, restando apenas a UPA para atendimento a população que soma cerca de 300 mil habitantes, podendo chegar a mais de um milhão de pessoas em época de romaria.

Com salários atrasados, médicos da UPA de Juazeiro do Norte pedem demissão por conta dos vários atrasos em seus pagamentos.

Em conversa com o diretor da IMEGI, este alegou que, de R$ 1.036.000,00 referentes ao mês de outubro, a Prefeitura somente pagou 250.000,00, mesmo já tendo recebido as transferências da União e do Estado, referente ao mesmo mês de outubro. A Saúde está um caos. Quem sofre é o povo!

*Com informações de Cariri Notícias e Plantão News Juazeiro do Norte

Comentários

To be published, comments must be reviewed by the administrator *

Postagem Anterior Próxima Postagem