Diretor acusado de causar demissão ao vivo na Globo é demitido de afiliada no Ceará



Publicidade
POR GABRIEL VAQUER - 11/11/2019
Kaio Cezar e PC Norões: diretor acusado de causar demissão ao vivo de Kaio, PC Norões foi demitido (Reprodução/TV Verdes Mares)

Diretor Institucional do Sistema Verdes Mares, afiliada da Globo no Ceará, o executivo Paulo César Norões foi demitido nesta segunda-feira (11) do cargo na emissora cearense. A informação foi confirmada pelo Observatório da Televisão com diversas fontes. Norões ficou mais conhecido em fevereiro deste ano, por ser acusado de assediar moralmente o jornalista Kaio Cezar, que pediu demissão ao vivo no Globo Esporte Ceará, após não suportar mais humilhações do então executivo.

Segundo apurou a reportagem, quem também foi demitida do Sistema Verdes Mares foi a sua esposa, a jornalista Simone Morais. Simone foi, por anos, apresentadora de telejornais e atualmente tinha um programa semanal na TV Diário, emissora local que pertence ao sistema afiliado da Globo.

Equipes de limpeza já esvaziaram a sala de Norões, com ordens de seus superiores. Norões estava no comando de todo o Sistema Verdes Mares desde o início da década. Na emissora, trabalhava fazia mais de três décadas, sendo o primeiro apresentador do Globo Esporte no Ceará.

Procurado oficialmente pela reportagem, o executivo não se pronunciou até o fechamento. Após a publicação da matéria, o Sistema Verdes Mares confirmou o fato. “Comunicamos hoje que o Sr. Paulo César Norões não faz mais parte do Sistema Verdes Mares. Agradecemos ao Sr. Paulo César Norões por sua contribuição durante os 30 anos em que trabalhou conosco e desejamos sucesso em sua trajetória”, diz o comunicado do Sistema Verdes Mares.

Segundo Kaio, Norões o desrespeitou várias vezes profissionalmente e pessoalmente. O executivo nunca se pronunciou na imprensa sobre o fato. Mas em seu Instagram ele chegou a enviar indiretas para o narrador. Hoje, Kaio Cezar trabalha com transmissões na internet e em uma TV local de Fortaleza.

Por conta da celeuma, Kaio Cezar processou o executivo, o Sistema Verdes Mares e a Globo, pedindo uma indenização de R$ 3,6 milhões por conta de todos os transtornos causados. O processo está correndo na Justiça. Ele segue sem previsão de julgamento.

Após a demissão de PC Norões se tornar pública através de reportagem do Observatório da Televisão, Kaio Cezar postou uma mensagem enigmática no Instagram, falando sobre Justiça divina: “Pode se fazer de doido, espernear, cercar-se de babões e capachos, bancar o injustiçado, mas não tem jeito: a justiça de Deus é implacável”.

*Observatório da Televisão Publicidade