Sobrevoo preventivo da Semace sobre Costa de Fortim, Aracati e Icapuí/CE



Publicidade
Duas manchas de óleo foram retiradas do mar, nesta quarta-feira (23), depois de localizadas, durante mais um sobrevoo preventivo,
realizado por técnicos da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), no litoral leste do estado. Foi o quinto sobrevoo do tipo realizado pela autarquia, com o objetivo de conter o óleo e minimizar os efeitos do derramamento ocorrido em alto mar. As observações são realizadas em helicópteros do Ciopaer. A estratégia tem a parceria da Marinha, que mantém equipes de plantão para a retirada do óleo.

De acordo com a observação, as manchas estavam relativamente perto da costa e se deslocavam em direção às praias de Aracati. Mediam até 20 metros quadrados apresentavam elevada viscosidade. A retirada do óleo foi feita com botes infláveis, indicado para operações rápidas próximas à costa. O óleo foi acondicionado em sacos e deverão ser destinados a uma fábrica de cimento, em Sobral, autorizada pela Semace para a queima deste tipo de substância.


Prevenção

Os sobrevoos preventivos da Semace com o Ciopaer serão mantidos, enquanto houver o risco do óleo chegar às praias. O destino de cada voo é definido pelas informações levantadas pela Marinha e pelo trabalho voluntário de pescadores artesanais. Seis equipes da Marinha são mantidas de plantão para o deslocamento rápido até a mancha. O trabalho de parceria é pioneiro no Nordeste e serve de exemplo a outros estados atingidos pelo derramamento do óleo.

Situação atual

Um novo sobrevoo foi realizado, na manhã desta quinta-feira (24), no litoral leste, com foco na faixa de mar próxima aos municípios de Fortim, Aracati e Icapuí. A região é considerada “sensível”, por causa da foz do rio Jaguaribe. “Temos que prevenir que o óleo chegue às praias, aos mangues e rios”, afirmou o gerente de Análise e Monitoramento da Semace, Gustavo Gurgel, ao desembarcar do voo. “É um trabalho de parceria que está vencendo o óleo”, completou.

Fonte: Semace Publicidade