Donos de terrenos em Fortim/CE procura a policia para denunciar pessoas invadindo, loteando e vendendo imóveis ilegalmente



Publicidade
CARLOS AUGUSTO É PROPRIETÁRIO DE TERRENO INVADIDO EM FORTIM
FOTO REPRODUÇÃO DE VÍDEO

Quinta-Feira 24 de Outubro de 2019, policiais militares do Município de Fortim/CE, recebeu solicitação do Sr. Carlos Augusto, proprietário de terrenos naquele município onde o mesmo denunciou que pessoas ainda não identificadas, invadiram seus terrenos, loteando, como se fossem os donos e vendendo para outras pessoas, talvez desavisadas, como também construindo casas. De pronto a Polícia Militar foi ao local, mais os invasores não mais estavam presentes. A polícia orientou para que o proprietário do terreno fosse até à delegacia de Fortim registrar o B.O e depois ir ao fórum solicitar reintegração de posse, onde o mesmo assim procedeu.

Nas duas últimas semanas a polícia realizou a condução de cinco pessoas envolvidas em invasões, apropriações, como também comercializações de terrenos que não são de suas propriedades. Depois de invadirem os terrenos, as pessoas envolvidas cercam e depois vendem através de contratos de compra e venda. Como escrituras de imóveis é o documento legal, a polícia aconselha que, não comprem terrenos sem documentação legal, pois terá complicações ao responder na justiça além de perder dinheiro.

Das cinco pessoas conduzidas até a delegacia regional de Aracati, três foram flagrados com arames dentro dos terrenos e disseram que estavam apossando-se dos mesmos. Na DPC de Aracati, foi feito B.O e os três foram liberados sorrindo na saída da delegacia dizendo “que iriam continuar a tomar posse de terrenos em Fortim”. Também foi conduzido à delegacia, um francês que foi flagrado dentro de terrenos, e com ele, apreendido mapas de loteamentos dos terrenos, contratos de compra e venda. Após ser ouvido, a delegada disse que abriu um inquérito policial para apurar o caso.

Outros proprietários de terrenos estão indo ao fórum pedir providências ao ministério público e ao judiciário. A polícia militar continuará atendendo as solicitações via 190 referente à estas invasões e farão a condução dos envolvidos para delegacia. “Se vai ser preso ou não, cabe à autoridade na DPC. Sabemos que tem pessoas por trás, sabemos que tem até pessoas envolvidas em crimes nestas invasões, mas deixaremos de realizar nosso trabalho. Também sabemos que tentarão denegrir nossa imagem alegando que estamos dando apoio aos proprietários para que façam desapropriação a força, o que não é verdade. Vamos ao local porque somos solicitados via 190 e após as ações, são feitos relatórios de todas as ocorrências com registro em sistema.

“O Facebook dos GUARDIÕES de FORTIM, é uma arma colocada à disposição da população no combate ao crime. Qualquer pessoa que se achar prejudicado pode usar este espaço no Facebook e continuaremos servindo e protegendo. Já na próxima semana será feito um relatório para o Ministério Público citando os nomes de pessoas que estão envolvidas em invasões de terrenos, assim também será pedido providências, pois tem aqueles que usam esse dinheiro para fomentar o tráfico de drogas, e isso favorece a proliferação da violência para a cidade. Atualmente o município se encontra com 3 meses e 24 dias sem homicídios e assaltos na cidade, que Deus nos abençoe, DEUS NO COMANDO”. Finalizou o autor da postagem relatada no Facebook

Publicidade