Aracati, capital dos litorais "177 anos de emancipação política, a terra dos bons ventos"



Publicidade

Dragão em sua forte jangada
Pedro Coelho Souza em caravela,
Dos bons ventos ficou consagrada
Porto dos barcos pintada em tela,
De um grande patrimônio cultural
Com lindas belezas, praias do litoral.
Cruz das Almas, Santa Cruz de imagem
"Monumento histórico que veio abati
São José dos Barcos, nome Aracati",
Fonte de tombamentos e paisagem.


Capitania de grandes embarcações
Riquezas em suas igrejas coloniais,
Episódio marcante da colonização
Do mar vieram remanescentes ancestrais,
Prédios de arquitetura de desenho laboro,
Memoráveis a idade talhados a ouro. 
Pelo "Instituto Histórico Nacional".
Tudo registrado na sua história
Progresso da vila em trajetória,
Numa época Aracati foi até capital.

Terra onde nasceu o revolucionário
O tão conceituado Eduardo Angelim,
O romancista Adolfo Caminha, lendário.
Escreveu suas obras marcantes até o fim
O primeiro padre bispo cearense
O clero da igreja fez sua quermesse
Dom Manuel do Rego Medeiros
Escritor Yuri, ator Emiliano Queiroz,
Pianista Jacques Klein, orgulho pra nós
Abolicionista Dragão no Mar foi guerreiro.

Empreendimento de grande porte
Como o Super Shopping, o Pinheiro,
Energia eólica do Sul ao Norte
Alimentos, Maris (pescador) pioneiro,
O aeroporto Dragão do Mar
Para você que vai e quer viajar.
Para o nosso país ou internacional,
Conhecido no território brasileiro
No Ceará, considerado o primeiro,
Como a melhor festa do Carnaval.

As mais belas praias, vista encantadora
Que de todo mundo chama a atenção,
Conhecida mundialmente por consultora
Recebe visita de todas as ONGs e União,
O paraíso de Canoa Quebrada.
Com o símbolo da famosa jangada
E Majorlândia, beleza que não acaba,
Lagoa do Mato, Fontainha e Retirinho
Praias do Ceará, segue em caminhos
Até os morros belos da Quixaba.

Aracati, capital dos litorais, diz meu verso,
Muitas histórias já passaram por aqui
Ainda há mais, vou ver seu progresso,
Na Terras dos Ventos, as jangadas daqui.
Receba as meras palavras deste poeta,
Que te escreve nesta honrosa data seleta
O meu verso vem aqui como homenagem.
Os meus sinceros votos dos “Meus parabéns!”
Pelos seus 177 anos de história política que tens,
Sou o poeta Mateus, terra da rede e tecelagem.

Mateus Poeta
Jaguaruana CE
Outubro 2019/
Publicidade