FVJ iniciará curso de libras em Aracati



Publicidade
FVJ E LIBRAS - visando capacitar profissionais da Região do Vale do Jaguaribe para o uso da Linguagem Brasileira de Sinais.


A Faculdade do Vale do Jaguaribe - FVJ, inicia uma turma no próximo dia 09, com aulas aos sábados. O uso de Libras, além de muito importante para comunicar-se com deficientes, assim, promover a inclusão e expor suas ideias para mais pessoas, é uma exigência em diversas esferas da educação e e da comunicação. Hoje, por exemplo, a Câmara Municipal de Aracati conta com três intérpretes durante suas sessões.

A capacitação no uso da Linguagem Brasileira de Sinais também pode ser a garantia de bons rendimentos ao profissional.

Segundo a  consultoria Love Mondays, o salário médio para Tradutor Intérprete de Libras é de R$ 2.493/mensal, podendo chegar até R$ 7.200,00. Aproveite a oportunidade, contribua como agente de uma política  de inclusivo e incremente sua carreira.

“CONVERSA SURDA"

Kata kolok, que literalmente significa "conversa surda" em indonésio, é uma língua de sinais única que atualmente é o principal meio de comunicação para apenas 44 pessoas em todo o planeta.

Por cerca de seis gerações, uma proporção extraordinariamente grande da população de Bengkala, pequena vila do norte de Bali, uma das principais ilhas da Indonésia, nasceu surda. Mas essas pessoas - todas surdas desde o nascimento e chamadas de kolok (surdas) pelos outros aldeões - são, em muitos aspectos, mais privilegiadas do que as pessoas surdas em outras áreas. Isso porque mais da metade das pessoas ouvintes da vila de Bengkala também aprenderam kata kolok, apenas para se comunicar com familiares e amigos surdos. (Mark Aveleigh -BBC News). Publicidade

1 Comments:

avatar

Língua brasileira de sinais*
Não é "linguagem".

Balas