Expedição de Iguatu a Canoa Quebrada motiva motociclistas



Publicidade
Motivados pela sensação de liberdade, ronco do motor e muito vento no rosto, motociclistas de Iguatu e região participaram da Terceira
Expedição Iguatu a Canoa Quebrada, no litoral leste cearense.

Os aventureiros da trilha antes de ligarem a ignição do veículo e partirem se reuniram para um momento de confraternização e checagem dos últimos equipamentos e acessórios, em uma loja do seguimento. “Acredito que a inspeção é parte mais importante. Temos o cuidado de só aceitar no grupo pessoas do ciclo de confiança e que tenham o espiro de preocupação. As motos têm que estar com os pneus novos assim como os componentes essenciais que uma viagem dessa exige”, disse Paulo Holanda.

A ida do grupo só ocorreu às 5h do último sábado, 16. Cerca de 20 motociclistas seguiram rumo à região praiana chegando a Canoa Quebrada por volta das 17h. 12 horas de trilha, partindo de Iguatu, cortando municípios do Sertão Central e do Vale do Jaguaribe, fizeram parte do roteiro. “Foi um sucesso a expedição. Próximo ano tem mais”, acrescentou PH.

Após saírem por Iguatu, o grupo seguiu para a zona rural de Orós (Guassussê e Palestina) e depois passam em Nova Floresta (Jaguaribe) e cortam áreas rurais de Jaguaretama, Jaguaribara, Morada Nova, Limoeiro do Norte, Russas e Aracati. Formando um total de 415 Km.


O cansaço foi superado e revigorado a cada bela paisagem – Foto Divulgação

A trilha foi idealizada há três anos. O objetivo maior sempre foi confraternização e a reunião de colegas que possuem em comum o amor por aventura. Na primeira edição, participaram 15 motociclistas e na segunda, 18. Neste ano, foram 20, mas estavam previstos 25. Houve desistências.

O cansaço foi superado e revigorado a cada bela paisagem e contato com a natureza. Jonatas Calixto, 19, participa pela segunda vez. “Cansativo é sempre, mas a turma é boa, encoraja um ao outro. É muito bom participar”, contou.

O retorno dos motociclistas, e de parentes e amigos que os aguardavam na bela Canoa Quebrada, ocorreu no feriado de São José (terça-feira, 19) de ônibus. As motocicletas em um caminhão próprio para o tipo de deslocamento com o apoio de uma loja de pneus. Para determinadas áreas de rodovias como BRs e CEs houve o acompanhamento da Polícia Rodoviária Federal (PRE) e Polícia Militar (PM).

Fonte: Mais FM Publicidade